terça-feira, 30 de maio de 2017

Serraglio recusa ministério e homem da mala de Temer pode ser preso

Dispensado da pasta da Justiça no último domingo, parlamentar do PMDB não aceitou assumir um novo cargo e vai retornar à Câmara dos Deputados tirando foro privilegiado do homem da mala de Temer, Rocha Loures

   Dispensado do Ministério da Justiça no último domingo, Osmar Serraglio (PMDB) recusou o convite do presidente Michel Temer (PMDB) para assumir o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). Serraglio reassumirá mandato de deputado federal pelo Paraná, fazendo com que o ex-assessor especial do presidente, Rodrigo Rocha Loures, volte à suplência e perca o foro privilegiado. (Leia matéria completa na Veja)

 

Nenhum comentário: